(19) 3541-3885
seminario.araras@canossianos.org.br

Apostolado Canossiano

Como Filhos da Caridade, servos dos pobres e dos jovens, nos comprometemos a fazer conhecer a Cristo que nos amou. Enviados aos irmãos com o mesmo espírito de generosidade e gratuidade do Crucificado e, como servos dos pobres, e particularmente dos jovens, somos chamados a dar a vida por eles, pois são a única finalidade do nosso Instituto nos ministérios da Caridade.

Um serviço humilde...

Cumprimos nosso apostolado no humilde serviço das obras de caridade, aceitando nos tornar servos dos pobres, vivendo no meio deles. Imitando a fundadora que dizia que são eles os nossos donos, por isso desenvolvemos a nossa ação apostólica em obediência às suas verdadeiras exigências, procurando entender e realizar o que Deus nos pede por eles: com a humildade, em pobreza de vida, para ficar perto daqueles a quem servimos.

Gratuito...

O dom do Espírito torna gratuito o nosso apostolado, o serviço aos pobres, a assistência aos abandonados, a educação das crianças e a formação dos jovens exigem o sacrifício de uma vida doada. Assim, escolhemos anunciar gratuitamente o Evangelho, pois é um dever para nós evangelizar.

Eclesial e universal...

O Senhor Jesus nos envia ao mundo todo para convidar os pobres ao banquete preparado para eles. Nossa vocação é por si mesma missionária e nos pede a disponibilidade de ir por toda a terra, atentos às várias formas de pobreza que nos interpelam.

Somos chamados no nosso serviço pastoral, a viver a missão conforme as exigências reais da igreja local em colaboração à autoridade responsável partilhando da riqueza espiritual do nosso carisma, numa disponibilidade humilde e ativa, serena e alegre.

Comunitário...

O nosso apostolado é comunitário porque Cristo o confia, antes de tudo, ao testemunho de unidade de nossa comunidade. Por isso assumimos comunitariamente tudo que nos for confiado. Mesmo quando um canossiano assume uma missão específica, o faz em nome da comunidade a qual pertence e graças a ela. Formamos comunidade, e congregados pelo mesmo ideal canossiano, vivemos nossa missão a serviço da realidade local, em comunhão com toda a congregação.